TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Teixeira

Teixeira: Policia Civil age rápido e prende suspeito de espancar andarilho até a morte; comparsas está foragido

Teixeira de Freitas: O Serviço de Investigação (SI) da Pasta de Homicídio da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, em desdobramento, ao homicídio ocorrido na manhã desta quarta-feira, 03 agosto, após diversas informações e averiguações, foram a campo em busca dos acusados de espancar um andarilho de prenome “Edmilson”, até a morte.

Segundo informações preliminares, a vítima teria forçado a entrada em uma residência na madrugada desta quarta-feira (03), momento em que a moradora teria acionado alguns amigos para socorrê-la. Os conhecidos se reuniram e agrediram o “Edmilson” nos fundos de uma residência, com uma enxada e um pedaço madeira, provocando fortes lesões no andarilho.

O “Edimilson” chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal por uma equipe do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por parada cardiorrespiratória (PCR) a caminho do hospital. Um dos autores do crime foi identificado e preso. Trata-se de Saulo Almeida Santos, de 19 anos, que, após oitiva, foi flagranteado pelo delegado Gilmar de Meireles.

A vítima morreu por volta das 10h30 desta quarta-feira, 03 de agosto. A vítima foi encontrada na Avenida Paulo Souto, no Bairro Planalto. Não há informações sobre quanto tempo o andarilho ficou agonizando até ser socorrido pelo SAMU. Segundo o médico do SAMU, a vítima falava com dificuldade e apresentava quadro de TCE e fraturas no tórax e costelas.

A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. Até o momento, não foi confirmada a identificação do andarilho. Segundo a polícia, ele era conhecido como “Edimilson”, vulgo “Negão”. Quem souber informações ou conhecer familiares da vítima, avisar a polícia ou comparecer ao IML para reconhecer o corpo.

A Polícia Civil trabalha no sentido de identificar os outros participantes deste homicídio. Informações podem ser repassadas à Polícia Civil (197) ou Polícia Militar (190). Garantido o sigilo da informação e do denunciante.

Por: Lenio Cidreira/LN

 

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *