TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia SLIDE HOME Teixeira

Soldado do Exército comete assalto e é quase linchado por populares no Centro de Teixeira

FOTO 4

Teixeira de Freitas: Uma vítima de assalto na Rua Massanori Nagao, no Centro, reagiu e conseguiu, com a ajuda de populares, prender o ladrão que foi identificado como sendo, Ivanildo da Silva Pedrotti Filho, 21 anos, que disse ser soldado do exército. O fato ocorreu no início da tarde desta quarta-feira, 20 de julho. De acordo com a vítima, ele estava em frente ao seu estabelecimento comercial conversando pelo telefone com um cliente, quando o ladrão o abordou pelas costas, tomou o IPhone e saiu correndo

FOTO 2

A vítima correu atrás dele e gritava pedindo ajuda de populares, a perseguição durou até a Av. Getúlio Vargas. A vítima percebeu que o assaltante tinha um comparsa, que estava armado, a espera dele na avenida, mas, Ivanildo não conseguiu chegar até o outro ladrão, pois, um amigo da vítima o interceptou. Assustado, o comparsa fugiu. Quando conseguiram parar o ladrão, a população se uniu e iniciou um linchamento. A Polícia Militar foi acionada e durante revista pessoal ainda encontraram mais dois celulares com o acusado.

A vítima, comerciante da cidade, disse que Teixeira está muito difícil. “Nós somos comerciantes, pessoas que geram renda, e não podemos viver em uma cidade dessas que não temos nem a tranquilidade de conversar com amigos. Eu não sei o que aconteceu naquele momento, só sei que tive muita força e coragem para correr atrás do indivíduo, depois eu fui parar e pensar no que estava ocorrendo”, disse a vítima. Rapidamente a população se aglomerou e graças à chegada rápida da PM, ele teve a sua integridade física preservada.

FOTO 1

Ivanildo foi apresentado à delegada plantonista, Maria Luíza Ribeiro, na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, para as devidas providências. O acusado apresentava alguns ferimentos aparentes nos braços e joelhos. O caso será investigado pelo SI da 8ª COORPIN, e se for comprovado que o acusado pertence ao Exército Brasileiro, a prisão será imediatamente comunicada aos responsáveis.

Por: Petrina Nunes/LN

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *