TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Política Regionais

Sucessão baiana vai embolar

CAMPOS

O rumo que a sucessão presidencial está a tomar poderá ter sérios reflexos na política baiana na sucessão de 2014. Deve-se este problema à precipitação do lançamento de Dilma Rousseff à reeleição, fato que se espraiou por diversos estados, e um dos primeiros foi a Bahia, a partir do próprio PT que, por “inteligência” ou para confundir, lançou nada menos de quatro pré-candidatos de sorte a, no próximo ano, escolher um. O resultado é que, nos bastidores da legenda, já existem divergências na medida em que a preferência por determinados pré-candidatos já começou. Em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, da Rede Tudo FM 102,5, o deputado Jutahy Magalhães Jr. faz considerações apropriadas e corretas. No plano nacional, diz ele, além de Dilma, tem como candidato o tucano Aécio Neves com 99% de se apresentar como tal. Entende mais que já não há dúvida de que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também já está no páreo presidencial e ganha espaço. Na Bahia, a consequência imediata é que a senadora Lídice da Mata, que disse ser candidata ao governo, com Eduardo disputando à Presidência, dará palanque para o socialista na Bahia. Óbvio que Lídice tirará votos do PT e não da oposição. Quanto ao agrupamento oposicionista, Jutahy Jr. afirmou que os partidos, agora mais fortalecidos, repetirá a estratégia que levou ACM Neto ao poder. Conclui: quem perderá é o PT.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *