TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Sem categoria

Foco no Poder: Prestação de contas

A Bahia vai mal
Os salários dos servidores públicos começaram a ser atrasados no Governo Petista de Jaques Wagner. A crise financeira que atinge o Estado começa a fazer estragos junto aos servidores públicos. A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) não pagou ainda o salário do pessoal e não deu nenhuma previsão de quando o dinheiro será creditado. É a primeira vez que o atraso de pagamento do servidor público acontece no governo Wagner. Isso não ocorria na Bahia pelo menos nos últimos 30 anos. Comenta-se que outros órgãos do Estado também vão passar a atrasar salários. Parece que as constantes denúncias da oposição estão ficando cada vez mais evidentes: o governo Wagner conseguiu quebrar a Bahia.
Prestação de contas
Em obediência à Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura de Teixeira de Freitas, em audiência pública divulgada na imprensa, prestou conta à população do segundo quadrimestre de 2013 (junho a agosto). O curioso é que mesmo tendo sido feita ampla divulgação, compareceu pouca gente. O maior público foi de funcionários da própria prefeitura. Isso é um sintoma de que a população, mesmo tendo a transparência como o principal anseio, pouco está se lixando para o que a prefeitura fala. Tudo indica que a esperança está desvanecendo de forma muito rápida. O que é extremamente perigoso para um governo que se diz popular.
Gregos e Troianos
A afirmativa de que ninguém consegue agradar gregos e troianos é em razão da guerra histórica, que durou dez anos, e que aconteceu entre os Gregos e Troianos por causa de Helena, sequestrada por Páris, filho do rei de Troia. Por causa do sequestro, os gregos destruíram a cidade de Troia e resgatou Helena. Trazendo para a nossa realidade, isso nos leva a concluir que é difícil para qualquer órgão de imprensa conseguir manter a imparcialidade, por isso mesmo é que se diz que toda a imprensa tem lado. Porque a parcialidade, segundo os extremos, se revela até mesmo na colocação do título da matéria por um repórter ou colunista.
Nota causou polêmica
Na coluna anterior divulgamos uma nota de que o governo João Bosco está dando sinais de recuperação, isso foi suficiente para surgir vários comentários na rede social e na cidade de que já teríamos sido cooptados pela corte bosquiana. Nos três motivos apresentados não existe nenhuma inverdade. O único condicional que existe é se, de fato, o prefeito vai interferir nas licitações, pois este é o calcanhar de Aquiles desta gestão. Inclusive, existe Ação Civil Pública tramitando na Justiça contra o prefeito e a empresa que venceu a licitação do aluguel de veículos. A liminar foi negada, mas, a cidade espera que o Judiciário não sente em cima do processo.
A gratidão é odiosa
“Os homens apressam-se mais a retribuir um dano do que um benefício, porque a gratidão é um peso e a vingança, um prazer.” Com esse pensamento o historiador romano Públio CornélioTácito expressa a verdade mais cristalina que existe sobre o comportamento do ser humano, principalmente para o homem público que recebe o poder do povo. Mesmo rezando na Constituição de que o poder é do povo e em seu nome deve ser exercido, um governante dificilmente aceita a cobrança da população e, na maioria das vezes, retribui com retaliações, como forma de vingança. Desta forma, se conclui que “a gratidão é odiosa e a vingança prazerosa”.
Denúncia em Itamaraju
O prefeito de Itamaraju, Pedro da Campineira, é acusado, entre outras coisas, de superfaturamento no transporte escolar. Dalvadisio Lima desafia o prefeito a processá-lo por calúnia e afirma: “O que eu disse na Rádio Extremo Sul é que o prefeito superfatura o transporte escolar todos os meses em mais de R$ 150 mil. Qualquer prefeito sério faz o transporte escolar de Itamaraju com R$ 400 mil, ou seja, com um valor a menor de R$ 152 mil/mês”, esclarece. De acordo com o site Radar 830, por diversas vezes já tentou entrevistar o prefeito e sua secretária de Finanças, Lucilene Curvelo, mas eles sempre se recusam,  em alguns momentos chegam a ser truculentos.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *