TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Regionais

Condenado a 26 anos de prisão homem que matou mulher a facadas

26 ANOS DE PRISÃO
“Eronilton” já matou duas mulheres, uma delas em Eunápolis e deixou uma terceira em estado grave

Acusado de ter matado a mulher há 15 anos, Eronilton Carvalho Santos, 40 anos, foi julgado segunda-feira (16), no fórum Mário Albiani, em Eunápolis. Eronilton foi condenado a 26 anos de prisão, em regime fechado, pelo assassinato de Cláudia Pires Lago Santos, em outubro de 1998, no bairro Minas Gerais. A mulher foi morta com 17 facadas. O casal tinha um filho.

O acusado – que estava foragido Pernambuco e Espírito Santo por outros dois crimes contra mulheres, foi preso em março de 2012, no bairro Alecrim II, zona norte eunapolitana, depois de agredir o pai.

O promotor João Alves Neto, que atuou na acusação, pediu a condenação do réu por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe ou meio cruel. Na defesa, o advogado Fabrício Ghil afirmou que a pena deveria ser menor. Segundo a tese, foi um crime passional, cometido sob forte emoção, pois o réu alegou uma traição.

A sentença do juiz Otaviano Andrade Sobrinho saiu por volta das 18h40 – 10 depois do começo do julgamento. Para o juiz, como se trata se uma pessoa perigosa, não foi concedido o direito de recorrer em liberdade.

Outros crimes

Erenilton já havia cumprido 10 anos de prisão por outros dois crimes nos estados de Pernambuco e Espírito Santo. Em 1995, em Salgueiro, interior pernambucano, Eronilton tentou assassinar a mulher Maria de Lurdes Lima, com quem tem dois filhos, com golpes de foice.

Em 2001, na cidade de Vitória, Eronilton matou a mulher Fabiana Rodrigues, com quem também teve um filho, a marretadas. Eronilton já havia cumprido pena de 10 anos de prisão em Pernambuco, mas fugiu quando conseguiu passar para o regime semi-aberto.

Por radar64

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *