TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Sem categoria

Após tentativa de fuga detentos tentam rebelião em Itamaraju

MOTIM 2Nossa equipe conseguiu fotografar parte da estrutura metálica arrancada de uma das grades pelos presos

Primeiro foi um plano de fuga descoberto na tarde do último domingo (15) quando o agente Manoel Soares, responsável pelo plantão na Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju (DEPOL) e os profissionais do setor de custódia, notaram que estava havendo muito barulho no interior das celas, além de uma movimentação estranha vinda de dentro da unidade prisional.

O agente policial e os servidores da custódia resolveram entrar no rol de acesso aos pátios A e B e flagraram um buraco que os presos já tinham feito na cela 3 do Pátio A, esse que dava acesso também para o Pátio B. Logo depois foram descobertos mais dois buracos nas celas 3 e 5, com passagem para a parte externa da prisão.

Não satisfeitos uma nova tentativa de fuga aconteceu na tarde desta terça-feira (17), desta vez no pátio A da carceragem, quando os presos Jocimar Santos Conceição, Thales de Jesus Santos, Fábio Esteves Ferreira e Anderson Felipe Lima Rodrigues, revoltados, provocaram uma intensa destruição de cadeados e duas grades das celas.

Desta vez a ação dos fujões foi contida pelo investigador José Trindade, esse que de imediato entrou na prisão e logo depois solicitou apoio de militares da 43ª CIPM de Itamaraju.

Ainda não foi informado o grau de destruição da cadeia após a revolta dos presos, mas sabe-se que muitos deles ainda estão furiosos pois não conseguiram fugir.

 

 

MOTI, 1As últimas informações dão conta que o clima ainda é tenso na Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju

Desta vez a ação dos fujões foi contida pelo investigador José Trindade, esse que de imediato entrou na prisão e logo depois solicitou apoio de militares da 43ª CIPM de Itamaraju.

Ainda não foi informado o grau de destruição da cadeia após a revolta dos presos, mas sabe-se que muitos deles ainda estão furiosos pois não conseguiram fugir.

 

 

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *