TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Política Regionais

Wagner e Campineira inauguram as obras de saneamento básico

O prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira” (PSD), recepcionou no final da manhã desta sexta-feira (1º/03), o governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), que esteve em Itamaraju para inaugurar a obra que recebeu o maior investimento público da história do município que foi o sistema de esgotamento sanitário da cidade e instalou a pedra fundamental para construção da fábrica da DELFA e mais uma vez prometeu asfaltar os 100 quilômetros da tão aguardada obra da rodovia Itamaraju/Jucuruçu.

Na comitiva do governador vieram o chefe da Casa Civil no Estado da Bahia, deputado federal Rui Costa, o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, os deputados federais Walmir Assunção (PT), Paulo Magalhães (PSD), Zezéu Ribeiro (PT), o presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), os deputados estaduais Temóteo Brito (PSD), Ronaldo Carletto (PP) e Bira Côroa (PT), além de presentes os vereadores e secretários locais, os prefeitos de Eunápolis, Neto Guerriere, de Jucuruçu Uberlândia Pereira e de Nova Viçosa, Mávio Mendes.

O governador Jaques Wagner na companhia do prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira” (PSD), o chefe da Casa Civil no Estado da Bahia, deputado federal Rui Costa, o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, inauguraram na manhã desta sexta-feira (1º/03), o SES – Sistema de Esgotamento Sanitário de Itamaraju, um importante empreendimento na área de saneamento básico que beneficiou 26 dos 27 bairros da cidade, que com a obra, acabou entrando para a lista de um dos 10 centros urbanos mais bem saneados do nordeste brasileiro.

Por ocasião que governador Jaques Wagner lançou a pedra fundamental para o início das obras de construção da Fábrica da DELFA, no bairro Monte Pescoço, que segundo ele, trata-se do primeiro tijolo implantado na construção da fábrica para de fato iniciar a tão almejada obra. A DELFA é uma das maiores e mais importantes fornecedoras de insumos para moda, moda íntima, activewear e beachwear do Brasil. No total serão investidos R$ 6,5 milhões na implantação dessa fábrica em Itamaraju, gerando inicialmente 450 empregos diretos, devendo atingir 700 vagas em um ano.

governador Jaques Wagner na companhia do prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira” (PSD), o chefe da Casa Civil no Estado da Bahia, deputado federal Rui Costa, o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, inauguraram na manhã desta sexta-feira (1º/03), o SES – Sistema de Esgotamento Sanitário de Itamaraju, um importante empreendimento na área de saneamento básico que beneficiou 26 dos 27 bairros da cidade, que com a obra, acabou entrando para a lista de um dos 10 centros urbanos mais bem saneados do nordeste brasileiro.

Por ocasião que governador Jaques Wagner lançou a pedra fundamental para o início das obras de construção da Fábrica da DELFA, no bairro Monte Pescoço, que segundo ele, trata-se do primeiro tijolo implantado na construção da fábrica para de fato iniciar a tão almejada obra. A DELFA é uma das maiores e mais importantes fornecedoras de insumos para moda, moda íntima, activewear e beachwear do Brasil. No total serão investidos R$ 6,5 milhões na implantação dessa fábrica em Itamaraju, gerando inicialmente 450 empregos diretos, devendo atingir 700 vagas em um ano.

Na presença dos seus diretores, Manuel Trajano Junqueira e Rafael Pandolfo, o governador Jaques Wagner disse que o projeto da DELFA será âncora de um distrito industrial que o Estado está fomentando em Itamaraju e de imediato vai atrair mais duas fábricas, uma tinturaria e uma de enchimento para travesseiros. “Esta é mais uma oportunidade para a Bahia. Estamos atraindo novas fábricas porque o estado tem dado condições para os retornos que as empresas esperam”, disse o governador.

Além de ter sido atraída pelos incentivos oferecidos pelo Estado, a DELFA escolheu o município baiano de Itamaraju para instalação de sua segunda fábrica devido à proximidade com as regiões Sul e Sudeste. A primeira unidade fica no estado do Ceará. “É fundamental estarmos mais próximos dos nossos clientes. Antes levávamos em média 12 dias para entregar um pedido, com a unidade baiana conseguiremos atender o cliente em dois dias”, enfatizou o diretor Manuel Junqueira.

Wagner prometeu ajudar o prefeito Pedro da Campineira para mudar o quadro da saúde pública local, lhe dispensando mais recursos e disse que já mandou ajuda para o combate a dengue e o sistema de saneamento básico da cidade, hora inaugurado, também vai diminuir os custos do cidadão com a saúde humana na cidade. E informou que ainda neste primeiro semestre vai iniciar a obra do asfaltamento da estrada Itamaraju/Jucuruçu em três etapas, primeiro construindo 40 quilômetros entre a cidade de Jucuruçu e distrito de Nova Alegria e assegurou que não deixará a obra pela metade e só terminará seu governo na Bahia com o asfalto da rodovia BA-284 concluído e acrescentou que não será qualquer obra, será um asfalto de impressão de alta qualidade, inferior apenas ao piso de aeroporto.

Na oportunidade o governador Jaques Wagner dizendo que atendendo um pedido do prefeito Pedro da Campineira, assinou no palanque armado na Praça da Independência, a ordem de serviço da implantação da água de Vila União, quando anunciou que a CERB – Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia já vai iniciar as obras de implantação do Sistema de Abastecimento de Água para atender a localidade de Vila União, distrito do município de Itamaraju. As obras vão beneficiar 914 pessoas que vivem na zona rural e que não têm acesso à água potável. O valor total do investimento é de R$ 100 mil.

Já o SES – Sistema de Esgotamento Sanitário, inaugurado em Itamaraju, foi construído em um convênio da Prefeitura Municipal e o Governo da Bahia, onde a Empresa Baiana de Água e Saneamento S/A – EMABSA, investiu recursos da ordem de R$ 60 milhões em obras de esgotamento sanitário na cidade de Itamaraju, conforme o presidente Abelardo de Oliveira Filho, elevando para 13 o número de unidades elevatórias. Ainda foram ampliados os dois lagos e construída mais uma lagoa na ETE – Estação de Tratamento de Esgoto e também ampliou a DAF – Digestação Anaeróbia de Fluxo. O projeto foi atraído através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

Segundo o presidente da Embasa, Abelardo de Oliveira Filho, o novo sistema de água e esgotamento sanitário de Itamaraju, passa de cinco para atender 15 mil imóveis, contando também com as novas ligações de água e esgoto, proporcionando uma cobertura de 93% à população da sede e, acrescenta dizendo que o investimento representa qualidade de vida para o povo. E lembra que o sistema de esgotamento de Itamaraju, possuía apenas uma elevatória e com as obras de ampliação, a cidade ganhou mais 12 estações bombeadoras espalhadas pela cidade, cujas elevatórias são as unidades que bombeiam todo esgoto recebido, o elevando para a estação de tratamento.

A Estação de Tratamento de Esgoto com sua revitalização, aumentou a sua capacidade de atendimento à cidade e trata-se da unidade operacional do sistema de esgotamento sanitário que através de processos físicos, químicos ou biológicos removem as cargas poluentes do esgoto, devolvendo ao ambiente o produto final por efluente tratado, em conformidade com os padrões exigidos pela legislação.

O prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, o “Pedro da Campineira”, comemorou a conclusão das obras e destaca que a cidade fica com estes investimentos, muito melhor, higienizada e absolutamente preparada para receber qualquer tipo de investimento público e privado. O prefeito lembra que Itamaraju estará entre as 10 cidades melhores saneadas do nordeste brasileiro, com a rede de esgoto gerando 82.69 litros por segundo.

“O objetivo da ampliação do sistema é garantir o acesso aos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, buscando a universalização de modo sustentável e contribuindo para a melhoria de vida e do desenvolvimento da cidade de Itamaraju. Sobretudo, visa a sustentabilidade socioeconômica, ambiental dos empreendimentos e implementação, com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da nossa população”, destacou o prefeito Pedro da Campineira.

Para o governador Jaques Wagner, a obra de esgotamento sanitário diminui os gastos com a saúde pública, oferecendo à população melhor qualidade de vida. “Não podemos falar de saúde sem esgotamento. Este investimento ajuda a gestão municipal, que, com a obra concluída, terá menos problemas de saúde na cidade. A inexistência de saneamento é um elemento de propagação de diversas doenças. O esgotamento sanitário é uma área preventiva para a saúde pública”, ressaltou.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *