TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia SLIDE HOME Teixeira

Vítima de uma brutalidade, “Cabeça” não resiste aos ferimentos a bala e Morre no hospital de Teixeira

MORREU

Morreu por volta das 17h, desta sexta-feira (6), na UTI do hospital municipal de Teixeira de Freitas, Aguinaldo Marcio Meira Quadros, o “Cabeça”, de 46 anos de idade, ele que estava internado na UTI do hospital, desde a quinta-feira do último dia (28/05), depois de ter levado três tiros na cabeça durante um assalto ocorrido na cidade de Alcobaça.

Segundo informações dos próprios colegas de “Cabeça” que se encontravam no momento do assalto, dentre eles, “Ary Vieira”, secretário de obras da cidade de Alcobaça, eles se estavam na calçada da residência batendo papo, momento em que dois elementos armados chegaram e anunciaram um assalto. “Cabeça” teria corrido para os fundos da residência e feito gestos de que estaria armado com um revolver, foi neste momento que um dos bandidos sacou da arma de fogo e atirou três vezes em sua cabeça, e em seguida se evadindo na companhia do comparsa abordo de uma motocicleta.

A policia militar e civil começaram a realizar diligencias e dois dias depois conseguiram prender os autores do assalto seguido de tentativa de homicídio. Welton Botelho da Silva, de 30 anos de idade e Kedson Santos do Rosário, de 23 anos, foram presos pelo Delegado Robson Marocci  e seu investigador de policia, eles que contaram com o apoio de policiais militares do 13º BPM de Teixeira de Freitas.ssOs elementos já confessaram o roubo. Agora eles vão responder por crime de latrocício,  que é roubo seguido de morte e podem pegar de 20 a 30 anos de prisão

Presos na delegacia de Alcobaça, os elementos já confessaram o crime de assalto seguido de tentativa de homicidio. Mas como a vitima veio a óbito na tarde desta sexta-feira (6), agora, eles responderão por crime de latrocínio, roubo seguido de morte. A pena para quem pratica esse tipo de barbárie vai de 20 a 30 anos de reclusão.

O corpo de “Cabeça” está neste momento sendo liberado do hospital para o IML, onde será necropsiado e em seguida liberado aos familiares para velório. Os familiares ainda não informaram o local do velório, mas provavelmente será em Teixeira de Freitas. “Cabeça” pertencia uma família muito tradicional em Teixeira de Freitas. Ele é irmão do empresário Gilberto Quadros, proprietário do condomínio do Gabrigil.

Por: Arnóbio Formosa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *