TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Teixeira

Violência: Homens encapuzados abrem fogo contra dupla na porte de casa em Teixeira de Freitas

NÃO DELETAR ESSA MÁSCARA

Parece que a bandidagem está perdendo o medo mesmo da policia de Teixeira de Freitas. Nos últimos dias foram registradas várias tentativas de homicídios na cidade. A exemplo do que ocorreu último final de semana só no bairro Tancredo Neves, onde em menos de 24h foram registradas três tentativas de homicídios, sendo duas no interior de uma lanchonete e uma no interior de um bar.

Já na tarde desta última quarta-feira (18), por volta das 17h30, o terror foi  na Rua Joaquim Muniz Neto, região central da cidade. Segundo informações da policia militar, homens armados e abordos de um Gol prata chegaram a uma  residência onde as vitimas se encontravam, um deles desceu do automóvel encapuzado, sacou-se de uma arma e abriu fogo contra as mesmas que estavam conversando com alguns amigos nafernte da residência e em seguida fugiram sem deixar pistas.

PAREDES 1

As vítimas foram identificadas como sendo Joanderson Mota Oliveira, de 24 anos de idade, morador do Bairro Vila Vargas e Marcos Trancoso, conhecido como “Babão”, de 20 anos de idade, morador do endereço também de Teixeira de Freitas. Os dois rapazes foram atingidos de raspão pelos projeteis, e em seguida foram socorridos ao hospital municipal de Teixeira de Freitas.

Uma equipe do SILC, comandada pelo delegado titular da 8ª coorpin, Dr. Marco Antônio Neves compareceu ao local, onde levantou informações para proceder com as investigações. Um inquérito policial foi instaurado. Segundo informações da polícia civil, o atirador efetuou várias vezes contras as vítimas, inclusive foram identificadas várias marcas de projeteis nas paredes do imóvel.

Segundo a polícia civil, o atirador disparou diversas vezes contra as vítimas, inclusive identificaram marcas de tiros no interior da residência (sala). Testemunhas informaram que, após os disparos, o atirador entrou no citado veículo, de placa não anotada, e saiu em disparada.

Por Arnóbio Formosa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *