cash loans online california
Bahia - Brasil -


Teixeira: 8ª COORPIN conclui inquérito de homicídio ocorrido em 2018 e pede a prisão dos autores

O NHT da 8ª COORPIN concluiu as investigações de um homicídio ocorrido em 14 de outubro de 2018, na Rua do Cedro, no Bairro Castelinho, cuja vítima foi encontrada em um terreno baldio. A vítima, trata-se de Reginaldo Lemos Coutinho Junior, 20 anos de idade, que foi assassinado com quatro tiros, quando passava pela via pública em sua bicicleta. Na ocasião do crime, a polícia encontrou ao lado do corpo do jovem, duas porções de maconha.

As investigações realizadas pela Equipe do NHT, sob liderança dos delegados Manoel Andreetta e Bruno Ferrari, e apoio dos investigadores Sérgio Adriano e Alexandre Augusto, demonstraram que o Reginaldo estava envolvido com o tráfico de drogas no Bairro Castelinho, figurando como integrante do Grupo de Peixeira, liderado pelo interno do CPTF Israel Amorim Castro, o “Peixeira ou Alazão”, sendo certo que a vítima vinha frequentando o Bairro Castelinho há pouco tempo, por conta de um relacionamento amoroso que vinha mantendo com uma moradora do Bairro.

Segundo o delegado, há informações de que a vítima começou a comercializar drogas no Bairro Castelinho, invadindo o “território” pertencente ao grupo de traficantes rival, o Grupo de Lampião, quando então veio a ordem para matar o Reginaldo, missão cumprida pelos executores Kaio Reis de Jesus, o “Mabaço”, e Ryan Portugal da Silva, ambos com 24 anos. A dupla estava em uma motocicleta, que era conduzida pelo Ryan, e o Kaio era o carona, sendo este o responsável por ter efetuado os disparos que levaram a vítima à morte, ainda no local.

Segundo as investigações, os grupos de Lampião e Peixeira estão em guerra disputando os pontos de vendas e distribuição de drogas no Bairro Castelinho, sendo esta a razão da prática de uma série de “ATAQUES” e “REVIDES”, caracterizados pela prática de vários crimes de homicídios tentados e consumados. “Essa guerra urbana vem causando a morte de vários jovens e adolescentes na região. A Equipe do NHT representou na Justiça desta Comarca, pela decretação da prisão preventiva dos autores do crime, visando garantir a ordem pública e a aplicação da Lei Penal”, explicou Andreetta.

Por: Edvaldo Alves/LN

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados