cash loans online california
Bahia - Brasil -


T. de Freitas: Redução no número de homicídios ganha destaque na mídia regional

Virou quase uma rotina, principalmente nos finais de semana, a imprensa regional destacar os crimes de homicídios na cidade de Teixeira de Freitas, quase sempre envolvendo jovens. A causa anunciada na maioria das vezes era o tráfico de entorpecentes.

Mas nos primeiros três meses deste ano de 2013 uma significativa redução no número de mortes vem ganhando espaço nos veículos de comunicação da região, chagando inclusive ao sul baiano, principalmente em Itabuna, que vive também um clima de muita violência.

Um dos últimos meios de comunicação a destacar essa redução no número de mortes violentas na cidade de Teixeira de Freitas foi o Jornal A Região, uma das principais publicações semanais do sul baiano. “O reforço nas ações de combate à criminalidade em Teixeira de Freitas resultou numa significativa redução do número de homicídios entre janeiro e março de 2013, em comparação a igual período do ano passado”, noticia o semanário.

E seque: “Segundo o Coordenador da 8ª Coorpin, Marcus Vinícius Almeida Costa, ocorreram, entre janeiro e 27 de março, 20 homicídios em Teixeira de Freitas, contra os 31 registrados nos três primeiros meses de 2012. Entre as recentes prisões estão as dos traficantes e homicidas Adeilton Pereira Santos, o “Daí” ou “Tucano”, de 20 anos, e Walace Silva Caraíba, o “Zói”, de 18, surpreendidos no bairro Ulisses Guimarães na quarta (27).  Eles estavam com drogas e armas, e são apontados com os autores do assassinato de José Roberto Melgaço Laranjeiras, de 36 anos, com cinco tiros, em sua casa, no dia 20 de março”.

Como já havia destacado o Teixeira News com base nas informações do delegado Wendel Ferreira, da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), o crime foi motivado pela disputa de pontos de tráfico no bairro, cujo domínio era de José Roberto. Adeilton e Walace queriam assumir o controle do tráfico na localidade e, após matar o rival, tomaram posse da espingarda calibre 12 da vítima, já recuperada pela polícia. Quando foram presos, “Dai” e “Zói” escondiam, em uma casa, 290 gramas de crack, 111 gramas de maconha, uma balança de precisão, R$ 1.112 em espécie, dois revólveres, a espingarda calibre 12 com sete cartuchos, dez cartuchos calibre 38 e sete cartuchos calibre 380. Havia ainda no imóvel uma motocicleta Honda CB-300, vermelha, e dois capacetes, que foram apreendidos pela equipe do Serviço de Investigação (SI) da Polícia Civil de Teixeira de Freitas.

Ainda em relação à redução nos índices de homicídios em Teixeira de Freitas, a própria polícia cita como pontos positivos a prisão de outros criminosos que estavam comandando os crimes, além da transferência de criminosos do Conjunto Penal local para Eunápolis e o regime mais duro adotado pelo tenente coronel Osires Cardoso, para os apenados do CPTF, apontados como mandantes de mortes ocorridas fora da prisão.

Por Ronildo Brito/teixeiranews

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados