TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia SLIDE HOME Teixeira

Sem a presença da policia, ladrões fazem a festa nas ruas do bairro Santa Rita, em Teixeira

ARMAS ILUSTRATIVAS 1

Localizado na região central de Teixeira de Freitas, o bairro Santa Rita tem aparecido com muita freqüência nas páginas policiais e nos programas jornalísticos da cidade, em razão da onda de crimes contra o patrimônio (roubos e furtos) que tem ocorrido na comunidade nos últimos meses.

Conforme ocorrências registradas na delegacia de policia civil da 8ª Coorpin, dezenas de assaltos a mão armada foram registrados nesse primeiro semestre de 2014. Conforme constam dos “B.O.S”, as principais vítimas dos marginais são crianças, adolescentes e mulheres, as quais são abordadas por esses marginais em via pública, onde os mesmos de arma em punho fazem ameaças às vítimas e em seguida subtraem os seus pertences, dos quais, motocicletas, bicicletas, aparelhos de celulares e valores em dinheiro.

Foi o que ocorreu na manhã deste sábado (5), por volta das 9h, onde mas uma pessoa foi vítima desses marginais que vem metendo terror e muito medo em moradores e pessoas que trafegam pelo bairro Santa Rita e no seu entorno. Desta vez a vitima dos bandidos foi um estudante de 17 anos de idade, morador do bairro. Segundo o garoto, ele caminhava pela Rua Dr. Rafael de Castro, quando na esquina com a Rua Franklin Amaro Gomes, próximo ao Posto de Saúde, dois elementos abordos de duas bicicletas, sendo um magro, moreno, com estatura mediana e aparentando ter entre 16 e 17, e outro também de cor morena, aparentando ter apenas uns 12 anos de idade. Ambos abordaram a vítima fazendo menção de que estariam armados, anunciaram o assalto e em seguida lhe tomaram o aparelho de celular da marca Nokia Lumia-520, na cor preta fosco, o qual avaliado em aproximadamente R$ 800 reais.

Segundo algumas vítimas que não quiseram ser identificadas, os marginais fazem as abordagens sempre em via pública e a maioria delas ocorre principalmente no momento em que  essas vítimas estão chegando ou saindo de suas residências. Com medo de sofrer represálias dos bandidos, várias vítimas não comparecem à delegacia para registrarem os boletins de ocorrências. Os moradores alegam que um dos motivos do auto índice de roubos a mão armada que vem ocorrendo na comunidade e em seu entorno, é em razão da ausência do policiamento ostensivo. Segundo eles, nos últimos anos a policia militar do 13º BPM não tem realizado rondas policiais nos bairros de Teixeira de Freitas com a mesma efetividade do passado.

As vítimas afirmaram ainda que os ladrões estão sempre em duplas e abordos de motocicletas ou bicicletas. Armados de pistolas e ou revolveres, eles surpreendem às  vitimas e em fração  de segundos, os mesmos praticam os roubos e em seguida fogem fazendo ameaças violentas. Tais como: “Vai embora, não olhe para trás e nem procure a policia”. Se você (a vitima) procurar a policia, eu volto para lhe matar.

Por: Arnóbio Formosa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *