TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Regionais

Secretaria envia assessor especial para defesa jurídica de diretor do presídio

JABES 2

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado da Bahia (Seap) divulgou nota sobre as denúncias feitas nesta quarta-feira (25), pelo promotor de justiça de Eunápolis, João Alves Neto, de que o secretário Nestor Duarte foi comunicado das denúncias contra o diretor-adjunto do presídio do município, Jabes Santana, mas optou por mantê-lo no cargo.

Jabes e oito agentes penitenciários foram presos na terça-feira (24), por determinação do juiz da Vara Crime e Execuções Penais, Otaviano Andrade Sobrinho.

Eles são acusados de corrupção ativa, formação de quadrilha, tráfico de drogas, associação para o tráfico e facilitação à entrada de celulares e outros objetos na unidade, que abriga 450 presidiários.

Em nota oficial, a secretaria disse que Jabes é funcionário de carreira do estado há 17 anos e que não há nenhum registro negativo de conduta em sua vida profissional.

A Seap encaminhou a Eunápolis um representante da assessoria especial jurídica para defesa judicial do diretor e aguarda a apuração dos fatos para adoção de outras medidas.

O diretor de segurança prisional da Seap, major Júlio Cesar dos Santos, afirmou que há muita denúncia no sistema prisional e que a secretaria acompanha todas.

‘Recebemos, sim, denúncias relativas à Eunápolis, mas não tínhamos chegado a essa profundidade que a Polícia Civil chegou a ponto de decretar uma prisão provisória’, disse o major.

O diretor Jabes era o único funcionário público entre os acusados. Os oito funcionários presos são da Reviver, empresa responsável por administrar o presídio.

Também por meio de nota, a Reviver Administração Prisional informou que a empresa possui “rigoroso critério de seleção dos seus empregados, respeitando sempre os limites e acessos legais, dentre eles exige a apresentação de certidões de regularidade, a exemplo de Certificado de Antecedentes Criminais, expedidos pela Secretaria de Segurança Pública”.

Jabes Santana também foi diretor do Presídio de Teixeira de Freitas, onde a polícia também chegou a apreender drogas e armas, cumprindo mandados judiciais de busca e apreensão.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.