cash loans online california
Bahia - Brasil -


Rui manda duro recado aos prefeitos que driblam lockdown na Bahia

‘Eles têm que dizer ao povo o que farão quando completar 100% dos leitos dessas cidade’, diz

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da TV Bahia, na manhã desta segunda-feira (1º/03), para falar da manutenção de medidas restritivas contra a Covid-19, o governador da Bahia, Rui Costa, se emocionou ao falar das mortes causadas pela doença. Ao citar a morte de uma jovem de 16 anos, o governador chorou e lembrou que, apesar de entender a necessidade de funcionamento dos negócios, neste momento o mais importante é preservar a vida da população. “O que é mais importante, 48 horas de uma loja funcionando ou a vida humana?”, indagou com a voz embargada.
O governador também mandou um recado direito aos prefeitos de Eunápolis, Itamaraju e Teixeira de Freitas que, na contramão de capitais e estados que endureceram medidas contra a Covid-19, decidiram autorizar o funcionamento do comércio, contrariando o decreto estadual.

“Acho que a saúde e a vida humana deveriam estar acima da política e da ambição dos negócios. Mas nem todos pensam assim e, infelizmente, acabam estimulando comportamentos como vimos ontem [domingo] em Teixeira de Freitas, que a polícia teve que acabar. Eu digo que nós seremos rigorosos dentro daquilo que a lei permitir e que cada um assuma a responsabilidade. Pessoas recém-eleitas e recém-empossadas, na minha opinião, têm que dizer ao povo o que farão quando completar 100% dos leitos dessas cidades. Espero, espero mesmo, com todo o amor que sinto pelo povo da Bahia e pelas pessoas, que esses prefeitos tenham uma reserva técnica, espero que eles tenham leitos extras para oferecer para a população de Teixeira de Freitas, Itamaraju e Eunápolis, para garantir a vida das pessoas. Eu não consigo entender qual o sentimento de compaixão, de amor, que essas pessoas têm”, disse Rui Costa.

Rui enfatizou ainda a importância das medidas preventivas, como uso das máscaras para evitar a disseminação do coronavírus. “Gostaria, sim, que todas as pessoas tivessem usando máscaras, mesmo aquelas que se consideram super-homens. Se não for por eles, pelo menos pela mãe, pelo pai, pela avó, por um parente, por um vizinho. Eu fico me perguntando se essas pessoas sozinhas decretaram o fim da pandemia”, frisou.

Por: radar54

 

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados