TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

independentes Polícia Política

Projeto de Lei prevê acabar com o 13º Batalhão da Polícia Militar de Teixeira de Freitas

BATALGHAÇÃO

Um Projeto de Lei do Governo da Bahia enviado na manhã desta terça-feira (1º\07), à Assembleia Legislativa do Estado e que tem como finalidade reorganizar as unidades da Polícia Militar da Bahia, prevê acabar com o 13º Batalhão da Polícia Militar da cidade de Teixeira de Freitas e transformá-lo em Companhia Independente, onde reduziria seu efetivo de homens e lhe tiraria uma série de atribuições que funilaria a segurança pública na 7ª maior cidade do interior da Bahia com 157 mil habitantes e sediada numa tríplice fronteira de Estados.

O Projeto de Lei nº 20.884/2014 que reorganiza a Polícia Militar da Bahia, dispõe sobre seu efetivo e dá outras providências, reza da finalidade, competências, extinções e criações de novas unidades de policiamento. No novo projeto do governo da Bahia, a cidade de Alcobaça ganha a89ª Companhia Independente da Polícia Militar, com atuação nos municípios de Alcobaça e Caravelas. E o distrito de Itabatã, ganha a 90ª Companhia Independente da Polícia Militar, com atuação nos municípios de Mucuri e Nova Viçosa.

Já Teixeira de Freitas perderia o seu 13º Batalhão da Polícia Militar e passaria a ter uma Companhia Independente de Polícia Militar, que seria a 88ª CIPM. Com essa mudança, os municípios de Alcobaça e Caravelas, e Mucuri e Nova Viçosa ganhariam independência militar e avançariam no quesito polícia ostensiva. Já Teixeira de Freitas que é uma cidade que ocupa a 7ª posição de maior população do interior do Estado, com 63 bairros e destaque no índice de violência na Bahia, sofreria um grande prejuízo. Porque a Companhia Independente não possui os mesmos mecanismos e nem aglomera o mesmo número efetivo do que um Batalhão.

Teixeira de Freitas deixaria de ser comandado por um tenente-coronel e passaria a ser comando de major. O impressionante que o projeto prevê a criação de duas CIPMs para a cidade de Barreiras, a 83ª e a 84ª CIPMs, cidade que é menor do que Teixeira de Freitas, na 8ª posição de maior cidade do interior do Estado. Já Vitória da Conquista passaria a ter três companhias independentes, porque mais uma seria criada, a 93ª CIPM.

Atualmente a cidade de Eunápolis com 110 mil habitantes está almejando um Batalhão da Polícia Militar para cidade, tendo em vista o crescimento do município e um melhor atendimento a população. E Teixeira de Freitas vinha almejando a instalação de um CPR – Comando de Policiamento Regional, que é comandado por coronel, para um melhor atendimento a demanda da região. Mas de repente, vem a surpresa do Estado, reduzindo os poderes da população, que prevê desmuniciar a cidade com que ainda o município possui de bom na segurança pública. O Projeto de Lei já se encontra na Assembleia Legislativa da Bahia e para se consolidar, depende agora dos 63 deputados estaduais da casa. (Por Athylla Borborema)

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *