TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Política Teixeira

Prefeito Dr. Marcelo Belitardo diz que vai resolver o problema grave de drenagem dos bairros Redenção e Lagoa

A falta de obras de infraestrutura é um dos problemas mais graves para os moradores de vários bairros da cidade da Teixeira de Freitas, sobretudo, em se tratando de esgotamento sanitário e drenagem para passagem das águas fluviais que caem todos os anos.

Um temporal que caiu  na cidade nesta última terça-feira (07) deixou vários bairros alagados, e dezenas de famílias ilhadas no interior de sua casas. A defesa Civil identificou pontos críticos em vários bairros da cidade, inclusive com início de deslizamento de terra. Mas, em se tratando de alagamentos de ruas, residenciais e lojas comerciais, em razão da falta de drenagem, os pontos mais críticos e graves se deram nos bairros Lagoa, região do Shopping Teixeira Mall, no centro, e no bairro Redenção.

O problema de falta de drenagem em ambos bairros é histórico e tem causado transtorno e muito prejuízo aos moradores há muitos anos. No bairro Lagoa, a drenagem fora realizado há décadas, e o manilhamento utilizado na obra não suporta mais o volume de água das chuvas torrenciais que tem caindo nos últimos dias, inclusive nesta último terça-feira dia (07), quando choveu por mais de 4h sem parar em toda Teixeira de Freitas, provocando alagamentos e deixando várias familiares ilhadas no interior de suas casas.

Área do Shopping Teixeira Mal Center, nesta última terça-feira (07), durante as fortes chuvas que caíram na cidade de Teixeira de Freitas. Além dos bairros Redenção e Lagoa, outros vários bairros tiveram problemas com alagamentos de ruas e casas, dentre eles, Teixeirinha, Bela Vista, estância Biquíni e Colina Verde.

Por se tratarem de obras extremamente complexas, as quais são muito caras e demandariam um montante vultuoso de recursos públicos para a execução das mesmas, nenhum dos gestores que administrou a cidade teve a competência para realizar os respectivos investimentos em ambos os bairros, razões pelas quais os problemas graves de infraestrutura, sobretudo de drenagem já vem se arrastando há mais de  30 anos.

Segundo os especialistas da área, o sistema de drenagem do bairro Lagoa é muito complexo e não pode ser feito com manilhamento, uma vez que o volume de água das chuvas que cai nas ruas do bairro é muito grande. Segundo os técnicos, só é possível resolver o problema de alagamentos do bairro Lagoa e seu entorno, com a construção de uma GALERIA  para a passagem das águas fluviais, porém, pra que esse serviço seja realizado no local, o município precisaria desapropriar alguns imoveis residenciais e comerciais, bem como indenizar os seus respectivos proprietários, o que tem inviabilizado a execução da obra pelo município de Teixeira de Freitas, uma vez que a demandaria de um montante vultuoso de recursos públicos da ordem de quase R$ (100 milhões de reais).

Na noite desta última terça-feira (07) o prefeito Dr. Marcelo Belitardo e equipes de várias secretarias visitaram os bairros e famílias que foram vitimas de alagamentos.

Segundo o Prefeito de Teixeira de Freitas, Dr. Marcelo Belitardo (DEM), ele está mobilizando todos esforços no sentido de viabilizar recursos junto ao Governo Federal, através de projetos bem elaborados, de modo que Teixeira de Freitas e sua população possam ser contemplados com essas tão sonhadas obras de drenagem e pavimentação dos bairros Lagoa e Redenção, com recursos provenientes do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal. Se os nossos projetos não forem contemplados com recursos do Governo Federal, iremos dá inicio essas obras com recursos do nosso próprio município, afirmou o Prefeito Dr. Marcelo Belitardo.

Por: Arnóbio Formosa/Teixeiranoar

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *