cash loans online california
Bahia - Brasil -


PM prende acusados do duplo homicídio em Itanhém

FOTO 1

Com a prisão dos três envolvidos concluiu-se que as duas pessoas que estavam desaparecidas por pelo menos 24 horas na cidade de Itanhém foram vítimas de uma emboscada. A prisão deles foi efetuada por policiais do Pelotão Especial Tático Operacional e da Companhia Independente de Policiamento Especializado Mata Atlântica, na tarde desta quinta-feira (25/04). A Polícia Civil, juntamente com policiais do 2º Pelotão de Itanhém fizeram as primeiras investigações.

Um dos acusados, de 17 anos, foi apreendido em Itanhém, no mesmo bairro onde o crime aconteceu. Já João Carlos Antunes Ferreira, 19, o João Boca de Leite, e um outro menor também de 17 anos, estavam homiziados na residência da mãe do adolescente, no bairro Portelinha, em Medeiros Neto.

As vítimas

FOTO 2

Edvaldo Lourenço Rocha, 29 anos, o Ligeirinho, e Helena Pereira Costa, 49, Leninha, usuários de drogas, foram mortos a facadas e a pauladas na madrugada de quarta-feira (24/04) em uma área de mato, nos arredores do bairro Monte Santo, na região conhecida como casas populares novas. Os corpos foram arrastados, por pelo menos 100 metros, e jogados em uma vala aberta para a passagem de água pluvial. A vegetação da vala dificultou o encontro imediato dos corpos, que estavam sendo procurado por populares. Só na manhã desta quinta-feira os corpos foram encontrados por moradores do bairro.

Os corpos apresentavam ferimentos na região da cabeça e perfurações nas costas. “Deram uma paulada tão forte que arrancou a orelha de uma das vítimas”, descreveu o delegado titular de Itanhém, Jorge da Silva Nascimento, que investiga o caso. O titular da Delegacia da Polícia Civil esteve no local com os peritos Manoel Garrido e Sandro de Abreu, do Departamento de Polícia Técnica. Os corpos foram necropsiados no Instituto Médico Legal.

A motivação para o crime ainda é desconhecida, mas o delegado, que autuou os três acusados por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáveres, disse à reportagem que “há conotação de acerto de contas por drogas”, mas assegurou que “nenhuma outra hipótese será descartada no curso das investigações”.

FOTO 3

Prisão por drogas

João Boca de Leite, e o menor que foi apreendido com ele no bairro Portelinha, em Medeiros Neto, foram pegos com drogas cinco dias antes de cometerem o duplo homicídio. A guarnição abordou os acusados na Praça Sete, em Medeiros Neto, quando eles chegavam da cidade de Teixeira de Freitas, no ônibus da Viação Santa Clara. Com eles os policiais encontraram crack e maconha. Eles foram apresentados na Delegacia da Polícia Civil de Medeiros Neto.

Em pelo menos duas outras ocasiões João foi preso pela Polícia Militar em Itanhém por envolvimento com drogas. Os dois menores acusados no duplo homicídio também tem envolvimento com traficantes.

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados