TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Regionais

Perito morto em Eunápolis pode ter caído em uma cilada

PERITO

Como havia informado com exclusividade o Teixeira News, a perícia criminal de local onde aconteceu o crime foi feita pelo perito Manuel Gomes Garrido, coordenador do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas. A solicitação dos serviços de Garrido teria sido feita pela coordenação estadual do DPT e os trabalhos foram acompanhados pelo diretor geral do Departamento de Polícia do Interior (DEPIN), delegado Moisés Damasceno, que permanece na região.

O perito criminal Noelder Andrade de Oliveira, do Departamento de Polícia Técnica de Eunápolis (DPT) foi morto na manhã deste sábado (25), no bairro Dinah Borges. Segundo as primeiras informações da polícia o perito teria recebido ligações telefônicas momentos antes de um suposto comprador de uma das casas de Noelder no bairro Dinah Borges, onde o mesmo também residia. Assim que chegou em frente a um dos imóveis que seria mostrado ao provável interessado, o perito foi surpreendido por dois elementos, que estariam em uma moto e atingido com três tiros, sendo dois na cabeça e um no pescoço. O perito Noelder estava a bordo de sua caminhonete Volkswagen Amarok e foi morto quando falava ao celular. O aparelho móvel ficou entre suas pernas. Em seguida os assassinos fugiram, supostamente levando a pistola da vítima.

FOTO VITIMA
Deputado federal Jânio Natal (de bermuda azul), primo do perito assassinado; Emoção no local do crime

Esse aparelho celular, assim como um outro telefone de Noelder estão sendo considerados peças chaves da investigação. Todas as ligações telefônicas serão rastreadas e a polícia quer saber quem seria esse suporto comprador interessado em comprar uma casa do perito. Além da suposta cilada a polícia não descarta que tenha ocorrido uma tentativa de roubo seguida de morte (latrocínio.

PERITO 2

O perito Noelder Andrade de Oliveira, era primo do deputado federal Jânio Natal (PRP) e irmão do gerente de comunicação institucional da Petrobras no Nordeste, Darcles Andrade. Jânio Natal esteve neste sábado (25) acompanhando a perícia no corpo, bem como as primeiras investigações acerca do crime. Novidades em torno do caso são aguardadas para os próximos dias e para isso um grande aparato policial está em Eunápolis. A vítima tinha 43 anos, era casado e deixa dois filhos adolescentes.

Por Ronildo Brito/foto Radar 51

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *