TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Regionais

Morre 11ª vítima do acidente com ônibus da Águia Branca

 

Subiu parVITIMAa 11 o número de mortos do acidente com o ônibus da Águia Branca, que fazia a linha Vitória/Itamaraju, ocorrido na madrugada de quarta-feira (15/05), na altura do KM 896 da rodovia BR-101, próximo ao povoado de Rancho Alegre, no município de Caravelas.

O ônibus partiu do Terminal Rodoviário de Vitória-ES., às 23h15 e chegaria em Itramaraju por volta das 06h40. Mas a 16 quilômetros da cidade de Teixeira de Freitas, houve a tragédia. No local morreram 9 pessoas e em seguida mais uma também veio a óbito no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas.

Morreram o motorista Mauricio de Souza, 34 anos, que morava em Cariacica-ES., o aposentado Elson de Oliveira, 70 anos, que era natural de Cachoeiro de Itapemirim-ES., a aposentada Maria D’ajuda Francisca dos Santos, 76 anos, que morava no povoamento do Pau D’alho, no município de Itamaraju, a também aposentada Maria Isabel Marques de Bertolli, 78 anos, que morava em Vitória e Joselita Maria de Jesus, 63 anos, que residia na Serra-ES.

Ainda morreram no acidente as itamarajuenses Edna Oliveira Silva, 41 anos, Dalva Rodrigues Cacique, 68 anos, Cosma de Jesus, 34 anos e Vera Lúcia Alexandrina Macedo, 45 anos. A décima vítima fatal foi Eduardo L. Silva.

E no início da tarde desta segunda-feira (20) foi confirmada a morte do senhor Belmiro de Bertolli, 82 anos, esposo de Maria Isabel Marques de Bertolli, 78 anos, que também morreu na tragédia. Internado desde o dia do acidente em estado gravíssimo, o idoso ainda foi submetido a um procedimento cirúrgico no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF) e por decisão dos seus familiares foi transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Sobrasa, onde acabou não resistindo e veio a óbito.

O casal Maria Isabel Marques de Bertolli, 78 anos e Belmiro de Bertolli, 82 anos, residia no Parque Moscoso, região central de Vitória. Marido e mulher tinham destino à cidade de Itamaraju, de onde seguiriam para a fazenda dos filhos na região do Palmares, em  território de Prado. Os dois eram naturais de São Gabriel da Palha, cidade do norte do Espírito Santo.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *