TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Sem categoria

Homicida manteve mulher em cativeiro por dois meses, diz polícia

CATIVEIRO

Acusado de manter uma mulher em cativeiro, Gideon Gomes Ribeiro, 19 anos, foi preso na manhã de terça-feira (20), no bairro Alecrim II, em Eunápolis. Na casa de número 48, no Caminho 21, os agentes da Polícia Civil encontraram a vítima de 21 anos, cujo nome está sendo preservado, com vários ferimentos.

O delegado Élvio Brandão, que comandou a operação, afirmou que a mulher estava em cárcere privado há dois meses.  ‘Segundo ela, as lesões eram provocadas por fios, chaves de fenda e pé de cabra. Este material foi apreendido. Diante dessa situação ela também declarou que sofria violência sexual’, declarou o delegado.

A mulher contou que era obrigada a manter relação sexual com Gideon, que foi autuado em flagrante por estupro e cárcere privado. A vítima foi submetida a exames periciais no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Os agentes da Polícia Civil também investigam o envolvimento de Gideon em pelos menos cinco assassinatos ocorridos em Eunápolis. Alguns crimes tiveram requintes de crueldade.

‘Como é o caso do Rafael, que teve os olhos arrancados, uma moça que há pouco tempo foi encontrada com a cabeça esmagada e outro que teve o braço decepado’, contou o delegado Élvio Brandão. A polícia confecciona um inquérito para cada morte. As denúncias serão encaminhadas ao Ministério Público. Conforme o delegado, os homicídios tiveram uma única motivação: disputa por pontos de tráfico ou dívida de droga.

Gideon – que foi indiciado pelos assassinatos, já tinha passagem pela polícia. Quando tinha 15 anos foi apreendido por tráfico de drogas. Ele foi encaminhado para o presídio do município no fim da manhã desta quarta-feira (21) e vai aguardar o julgamento.

Fonte: Radar64

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *