cash loans online california
Bahia - Brasil -


Guerra: Final de semana sangrento em Teixeira; três pessoas são mortas a tiros

Teixeira de Freitas: Os crimes de assassinatos voltaram a ocorrer de forma sequencial na cidade de Teixeira de Freitas. A pesar das medidas restritivas, inclusive com toque de recolher a partir das 21h, em razão da pandemia provocada pelo covid-19, a onde de violência não cessa na cidade de Teixeira de Freitas, principalmente os crimes de assassinatos e contra o patrimônio (roubos e furtos), a exemplo dos assassinatos que foram registrados nos últimos dias em vários bairros da cidade.

Nesse final de semana, três pessoas foram brutalmente assassinadas a tiros em Teixeira de Freitas, sendo uma mulher e dois jovens. O primeiro assassinato ocorreu no final da tarde da última sexta-feira (10), quando a proprietária de uma loja de ferro Velho foi surpreendida por um bandido que adentrou em seu estabelecimento e disparou dois tiros tiros a queima roupa na cabeça da empresária.

Preso em flagrante, o assassino foi identificado como Adriano de Oliveira Carvalho, de 32 anos, que confessou para a policia que a morte da empresária Nayele Alves Ribeiro, de 31 anos de idade, fora encomendada pelo próprio marido da vítima, um homem identificado como sendo, Rosivaldo Moreira Marcieira, 57 anos, preso logo após ser delatado pelo assassino. Ambos foram Levado para a sede da 8ª Coorpin, onde foram apresentados a delegada Dra. Andressa Carvalho, que procedeu com os interrogatórios e em seguida indiciou os mesmos pelo crime de assassinato qualificado.

Segundo o matador, o “Val da Sucata”  havia lhe contratado para matar a própria esposa pela quantia de R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais), além de conseguir a motocicleta e a o revolver calibre 38 que foram usados pelo mesmo para ceifar a vida de “Nayelle”. Após serem autuados em flagrantes pelo crime de assassinato, ambos foram levados para a carceragem da delegacia, onde se encontram presos á disposição do Juízo criminal da comarca de Teixeira de Freitas.

Se condenado pelo crime de feminicídio, o “Val da Sucata” poderá pegar uma pena de 20 a 30 anos de reclusão. Já o matador, esse poderá ser condenado a uma pena de 12 a 30 anos de reclusão.

Os outros dois assassinatos foram ocorreram nos bairros São Lourenço e Wlisses Guimarães, após dois jovens serem surpreendidos por atirados. Na noite de sábado (11), o jovem Gleidson Silva Moura, de 19 anos, foi alvejado a tiros em via pública da Rua Jacó do Bandolim, no bairro São Lourenço. Ainda coim vida, ele foi socorrido ao HMTF, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

Já no final da tarde deste domingo, 12 de julho, ocorreu o terceiro assassinato, dessa vez, na Rua Irlanda, no bairro Ulisses Guimarães, quando os matadores voltaram a agir a bordo de um veículo de cor vermelho, onde executaram o jovem Rafael Souza dos Santos, de 23 anos, com mais de 10 tiros de pistola em plena via pública, após o mesmo ser posto deitado ao chão da via pública.

Informações dão conta de que “Rafael” não possuía passagem pela policia

Informações dão conta que o Jovem “Rafael” estava no interior do carro com os matadores, o qual foi retirado de dentro do veículo a força e em seguida executado com tiros na cabeça e outras várias partes do corpo. A Policia Militar foi acionada, mas quando a mesma chegou no local no local os atiradores já haviam se evadido do bairro.

A Policia Civil instaurou inquéritos e está investigando as autorias e motivações dos dois assassinatos ocorridos no sábado e domingo (12).

Por: Arnóbio Formosa/Teixeiranoar

 

 

 

 

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados