cash loans online california
Bahia - Brasil -


Filho de Tonho de Rael” diz que mandou matar “Gilmar São Leão” para vingar a morte do pai

DSCN0622

Foram apresentados a imprensa de Teixeira de Freitas na tarde desta quarta-feira (24, na sede da 8ª Coordenadoria de policia civil, os quatro acusados de envolvimento na morte do agricultor Gilmar Borges São Leão. Os acusados foram presos em uma operação denominada de “SÃO LEÃO”, a qual deflagrada pela policia civil de Itanhém, comandada pelo delegado Jorge Nascimento, que contou com apoio dos delegados Cleber Gonçalves, Wendel Ferreira e Marco Antonio Neves, além de vários investigadores, todos lotados na sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas.

A operação resultou na prisão dos autores do homicídio ocorrido na estrada do Corró, na zona rural do município de Itanhém, quando a vítima “GILMAR BORGES SÃO LEÃO” foi atingido por disparos de arma de fogo, ele que ainda foi socorrido com vida ao hospital municipal de Teixeira de Freitas, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no dia 22 do último mês de março.

PRESO4

Foram presos por força de mandados de prisões preventivas, Gilmar da Silva Caraíba, de 29 anos de idade, morador do bairro Santa Rita; Arthur Neves de Barros, vulgo “Paraíba”, de 24 anos de idade, morador do bairro Jardim Caraípe; Walas Rigo Pinho, vulgo “Alemão”, de 23 anos de idade, morador do bairro Residencial dos Pioneiros; André Pinho Paixão, de 26 anos, morador do bairro Residencial dos Pioneiros, além de José Hélio Pereira de Araújo, de 67 anos, morador do bairro São Lourenço.

“José Hélio” preso e autuado em flagrante por estar em posse da espingarda calibre 12, uma vez que havia comprado a arma em mãos dos acusados em data posterior ao crime. O comerciante  “José Hélio” confessou na policia civil que havia comprado a arma calibre 12 em mãos dos acusados. Ele pagou uma fiança de aproximadamente R$ 1.000,00 reais, a qual arbitrada pelo delegado competente e na seqüência foi liberado para responder o processo criminal em liberdade.

PRESO3

As apurações revelaram que no dia 14 do último mês de março, Gilmar da silva Caraíba, Arthur Neves de Barros, o “Paraíba” e Walas Rigo Pinho, o “Alemão”, foram até o local acima citado com objetivo de cometer o crime, mas não encontraram a vitima. Nessa ocasião “Gilmar Caraíba e Arthur Neves” se vestiram com uniformes da PM-BA, e passando-se por policiais realizaram abordagens em pessoas que passavam pelo local.

No decorrer das investigações, a policia civil de Itanhém, comandada pelo delegado Jorge Nascimento, em parceria com a policia civil da 8ª Coordenadoria de Teixeira de Freitas, identificaram os carros utilizados na ação criminosa, FIAT PÁLIO de cor branca e um FIAT UNO VIVACE, vermelho, ambos alugados por “Gilmar Caraíba”, em mãos de um locador de carros em Teixeira de Freitas.

PRESO2

Segundo as investigações da policia civil, a motivação do crime está relacionada ao homicídio de José Antonio Pinho da paixão, o “Tonho de Rael”, de 44 anos, morto com um tiro a queima roupa, no momento em que se encontrava jantando no interior de sua própria residência, na fazenda Itaporanga, zona rural de Itanhém.

Segundo informações, “Walas Rigo”, filho de “Tonho de Rael”, teria descoberto que “Gilmar Borges São Leão” teria sido o autor do homicídio de seu genitor, resolvendo vingar-se, combinando com o seu tio “André” e pagaram a quantia de R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais) para  ceifarem a vida de “Gilmar Borges São Leão”, crime praticado por “Gilmar Caraíba” e Arthur Neves, vulgo “Paraíba”, eles que estavam acompanhados de “Walas, vulgo “Alemão”, mas o mesmo ficou aguardando o serviço de dentro do carro.

GILMA SÃO LEÃO 1A vítima “Gilmar São Leão”, alvejado a tiros no dia 21 do último mês de março e morreu na tarde do dia 22.

Segundo os acusados, “Gilmar Borges São Leão” foi emboscado e morto com  três tiros, um de espingarda escopeta calibre 12 e dois de revolver calibre 38, um deles na cabeça. Todas as armas utilizadas para matar “Gilmar Borges São Leão” foram apreendidas pela policia civil da 8ª Coordenadoria de Teixeira de Freitas, uma ESPINGARDA MARCA BOITO, CAL. 12, com cartucho intacto, um revolver Smith &wesson, Cal. 38, e um Smith&Esso, cal. 32 com três cartuchos intactos, além de nove camisas de cor caqui, com brasão da PM-BA, uma boina da PM, um boné da PM, duas capas de coletes de cor marrom, uma capa de colete com brasão da PM e quatro calças caqui tipo combate.

O Coordenador Regional da polícia civil de Teixeira de Freitas, delegado Marcos Vinícius de Almeida, determinou ao delegado territorial de Itanhém, Jorge da Silva Nascimento que procedesse com a reabertura do inquérito que investiga a morte da vítima “Tonho de Rael”, morto com um tiro na cabeça dentro de sua própria casa, crime ocorrido na zona rural daquele municpio no dia 27 de janeiro de 2012, afim de que o mesmo seja esclarecido, uma vez que a família da vitima veio a apontar “Gilmar Borges São Leão”, morto no ´ultimo mês março, como o homem que teria atirado e matado a vítima “Tonho de Rael”.

Por: Arnóbio Formosa

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados