TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Sem categoria

Filha de Marcelo Nilo teria sido ‘emprestada’ por secretaria à Vigilância Sanitária

RENATA 1

Filha do presidente da Assembleia Legislativa Marcelo Nilo, a veterinária Renata Nilo ocupa um cargo de assessora técnica da Secretaria de Meio Ambiente, desde outubro de 2007. Lançada pré-candidata a deputada estadual pelo pai, ela recebe R$ 4,2 mil líquidos mensalmente para desempenhar a função na pasta. No entanto, funcionários da Superintendência de Estudos e Pesquisas Ambientais – para onde foi transferida Renata após três anos no gabinete do secretário – disseram não conhecê-la, consultados pela coluna Satélite, do jornal Correio. Em entrevista à publicação, uma servidora identificada como Raquel disse não saber da existência de nenhuma Renata Nilo no órgão. Em seguida, no entanto, a funcionária retornou a ligação e colocou a reportagem em contato com uma mulher, que se identificou como Renata Nilo e disse ter trabalhado na superintendência. Ao ser questionada sobre o motivo de sua exoneração não ter saído no Diário Oficial, a interlocutora mudou o discurso. “Eu não. Deve ser outra Renata, você ligou errado. Não sou eu, não. Ligue para a superintendência”, disse. Consultada pela coluna, a assessoria de comunicação da Secretaria de Meio Ambiente confirmou que Renata Nilo está na folha salarial da pasta desde 2007, mas nunca trabalhou de fato no local. A filha do deputado teria sido contratada pela Sema e emprestada à Vigilância Sanitária, de acordo com a versão oficial. A assessoria da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) não conseguiu contato com a Vigilância Sanitária por não haver ninguém no órgão às 17 horas desta sexta-feira (27).

Bahianoticias

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado.