TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Sem categoria

Família atribui morte de jovem à falta de UTI em Eunápolis

UTI E

Familiares de Vinícius de Jesus Nascimento, 19 anos, que morreu na manhã desta quarta-feira (11) após permanecer internado por oito dias no Hospital Regional de Eunápolis (HRE), estão denunciando através das redes sociais que o jovem poderia ter sobrevivido se a unidade tivesse disponibilidade de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou adotasse o cuidado de buscar uma vaga em um outro centro médico mais avançado com esse tipo de internamento.

No Facebook a família do rapaz morto denuncia que o mesmo deu entrada no Hospital de Eunápolis no último dia 3 de setembro apresentando quadro de traumatismo no crânio, logo após envolver-se em um acidente automobilístico ocorrido na ligação dos bairros Minas Gerais e Alecrim II. “Nessa luta pela vida, ele permaneceu esses oito dias no Hospital de Eunáolis à espera de uma UTI, mas sem sucesso. Quando procuramos o Judiciário para tentar essa vaga, foi descoberto que sequer eles [hospital] passaram um fax procurando vagas”, desabafam.

E completam: “Após a morte uma tia pediu na Delegacia da Polícia Civil um laudo com as causas da morte, devido ao histórico desse Hospital, onde pessoas já morreram por erro médico. Ninguém acredita que a morte foi devido ao acidente”.

No final da mensagem que está sendo espalhada pela rede mundial de computadores a família do jovem morto pede leitos de Unidade de Terapia Intensiva. “Nossa intenção em divulgar essa notícia é para mostrar o quanto nossa cidade precisa de UTIs, para que pessoas como nosso primo, que perdem suas vidas semanalmente, tenham uma chance maior”, divulgam Laedson Santos e Jhonny Jesus.

A foto que mostra o jovem Vinícius de Jesus Nascimento, de 19 anos, entre a vida e a morte no Hospital Regional de Eunápolis, supostamente fora da UTI, foi enviada ao Teixeira News também pela família. Aguarda-se para as próximas horas uma nota pública da direção do HRE.

Por Ronildo Brito/TN

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *