cash loans online california
Bahia - Brasil -


Falta de ações do prefeito João Bosco provoca frustração e indignação nos teixeirenses

JOÃO BOSCO

Teixeira de Freitas: Há muitos anos que a população de Teixeira de Freitas vem sofrendo com problemas relacionados a falta de infra-estrutura, principalmente no que se refere a drenagem  fluvial e esgotamento sanitário, em razão da incompetência e omissão de alguns gestores que governaram a cidade nos últimos anos.

Há muitos anos que moradores de várias áreas da cidade denunciam e cobram que problemas crônicos fossem resolvidos para amenizar um pouco o sofrimento dessas pessoas, mas infelizmente  esses problemas foram ignorados pelos prefeitos que governaram Teixeira de Freitas nos últimos anos.

Podemos citar, por exemplo, alguns deles: O serviço de drenagem do entorno do “Shooping Teixeira Mai”, no centro da cidade, o grave problema de alagamento existente no bairro Bela Vista, no entorno das ruas do Prado, Mucuri e do Sossego, que quando chove deixa as casas tomadas de água e lama. Outro ponto crítico em Teixeira de Freitas está localizado entre os bairros Redenção e Nova Teixeira, onde há esgoto a céu aberto e falta drenagem fluvial e, quando chove, as casas também são invadidas pela água e a lama, causando constrangimento e prejuízos aos moradores de ambos os bairros.

Em razão das falsas promessas que foram feitas nos últimos anos, a população tem ficado muito frustrada e indignada com o atual prefeito, o Sr. João Bosco (PT),  a ponto de fazer manifestações com o fechamento da BA 290, Teixeira/Medeiros Neto, a exemplo do que ocorreu no início do mês, quando os moradores do bairro Wlisses Guimarães e os motaxistas a fecharam por um logo período, protestando contra a falta de ações do prefeito João Bosco (PT), no que se refere aos investimentos prometidos por ele desde o início do seu governo.

Contando com o apoio do governador Jaques Vagner (PT) e da presidenta da República Dilma Russef, o prefeito João Bosco se elegeu com uma expressiva votação, obtendo 58% dos votos dos teixeirenses, aponto se empolgar com o resultado das urnas e, assim que assumiu o mandato em janeiro de 2013, João Bosco resolveu  anunciar em quase todos os meios de comunicação da cidade, que iria realizar várias obras que a população vinha sonhado ter há anos na cidade.

Tais como: A revitalização do hospital Municipal, conforme placa existente; a construção do Centro de hemodiálise, obra paralisada pelo governador Jaques Vagner (PT) há 7 anos; a construção da (UPA) Unidade de Pronto Atendimento, conforme placa fixada na Presidente Vargas; os serviços de drenagem e pavimentação da área do Shooping e de ruas do entorno; a construção de 12 creches; a pavimentação da Avenida Estados Unidos, via de acesso aos bairros “Jardim Liberdade e Wlisses Guimarães”, além de ter anunciado que havia recebido do governo federal a quantia de (R$ 220 milhões de reais), recurso esse que segundo o próprio prefeito “João Bosco”, daria para colocar esgoto e asfalto em mais de 80% das ruas de Teixeira de Freitas.

Mas como o prefeito João Bosco não conseguiu realizar nenhuma dessas obras até a presente data, ele acabou causando frustração e muita indignação em toda população, a ponto de perder a confiança de quase 80% dos teixeirenses. Outro problema que vem causado muita indignação na população de Teixeira de Freitas é um suposto esquema de corrupção que teria sido implantado no governo João Bosco, através de licitações fraudulentas.  Informações dão contas de que vários contratos milionários já foram firmados com empresas, dos quais, a empresa que realiza a coleta do lixo e a do transporte, ambas com denúncias no Ministério Público da comarca de Teixeira de Freitas, inclusive com pareceres favoráveis do promotor.

Da: redação do teixeiranoar

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados