cash loans online california
Bahia - Brasil -


Estudantes da Pitágoras fecham BR-101 em protesto contra a faculdade

Os estudantes do 5º período do curso de Educação Física da Faculdade Pitágoras de Teixeira de Freitas, aproveitaram a noite de quinta-feira 3 de abril, e interditaram a BR 101 em frente ao Campus para protestar e reivindicar sobre vários aspectos relativos a unidade. De acordo com um dos integrantes da manifestação, a intenção é chamar atenção diante do descaso pelo qual os alunos estão passando dentro do Campus.

FACULDADE 1

O estopim para a manifestação foi o fato da Faculdade acabar o campo de grama para a construção de mais salas de estudo. De acordo com os estudantes, há mais de 05 anos que esperam por um projeto que até hoje não saiu do papel.

“Não temos condições de estudo. Nosso laboratório é a quadra de esportes, campo de grama e a pista de atletismo. O campo de grama já estão desmanchando, e a quadra, não possui condições de uso. Não tem cobertura, quando chove, fica tudo alagado e quando faz muito sol, temos insolação pois temos aulas ao sábados durante o dia, e o fato da quadra não ser coberta, ficamos expostos ao sol. Já teve estudante desmaiando aqui.” Relata Fábio, estudante da Instituição.

FALCUDADE 2

 

Para piorar, estamos sem diretor, fomos pegos de surpresa com o pedido de demissão do ex diretor Daniel Zaniquelli, sequer fomos comunicados que ele havia sido afastado. Estamos abandonados, sem saber a quem recorrer. Nosso coordenador só nos enrola, e não toma nenhuma providência. Outros fatores destacados pelos alunos são de que as exigências do MEC para o curso não estão sendo cumpridas.

FACULDADE 3

“No 6º período, temos a disciplina de natação, se agora estão acabando com o campo de grama, e com previsão de desmancharem ainda a pista de atletismo, temos medo do que possa acontecer e não chegarmos a ter esta disciplina. A Faculdade Pitágoras está fazendo aqui um depósito de aluno, mais que dobrou a quantidade de estudantes no Campus, mas melhorias que é bom, não temos, está evidenciado pela Instituição que o único desejo aqui é encher os bolsos e não formar cidadãos. Para se ter uma prova do que falamos, no início do semestre tivemos que fazer rodízio de sala, alguns dias alunos de alguns cursos ficavam sem aula, para ceder as salas para outros alunos de outros cursos. Nada aqui é de graça, pagamos R$ 800,00 ( Oitocentos reais), por mês, merecemos mais respeito.” – Completou.

A polícia militar foi acionada e acompanhou de longe a manifestação dos estudantes que protestaram de forma pacífica.

Por: repértercoragem

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados