TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

independentes Política Regionais

Empreiteiro confirma pagamento de propina no ‘Minha Casa, Minha Vida’

 

PeCASASquenos construtores subcontratados para tocar obras do Minha Casa Minha Vida  em municípios brasileiros com menos de 50 mil habitantes revelam que só conseguiam entrar no programa se pagassem propina à empresa RCA Assessoria. Segundo empresários ouvidos pelo jornal O Globo, a empresa montada por ex-funcionários do Ministério das Cidades cobrava das empreiteiras uma taxa que variava de 10% a 32% do valor do imóvel construído. Em alguns casos, o pedágio inviabilizou o trabalho e as obras acabaram abandonadas. Apesar das declarações dos empreiteiros, a RCA nega cobrar qualquer taxa das companhias. O dono da KL Construções, Rubens Amaral, afirmou ao diário fluminense que repassou mais de R$ 400 mil para a RCA liberar o dinheiro das casas populares que construiu no Maranhão. O empresário contou que sofreu represálias quando não transferiu adiantadamente os recursos do pedágio. Segundo ele, assim que o alicerce da casa ficava pronto, metade dos 13% acordados tinha de ser repassada. Amaral garante que depois que o esquema foi revelado, há duas semanas, os ex-servidores criaram um esquema de empresas de fachada para operar o programa do governo federal, e tem recebido os recursos com mais facilidade. Uma auditoria foi aberta no Ministério das Cidades para investigar o caso. O Senado aprovou um requerimento para que o Tribunal de Contas da União (TCU) faça uma auditoria no Minha Casa, Minha Vida.

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *