TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Sem categoria

Corpo encontrado boiando em represa de Itamaraju é reconhecido por familiares no IML de Teixeira

DSC00049
“Genivaldo” morreu vitima de afogamento, informações do DPT de Tx. Freitas

Foi identificado na tarde desta quinta-feira (22) na sede do Instituto médico Legal de Teixeira de Freitas, em Teixeira de Freitas, o corpo de um homem já em estado avançado de decomposição que foi encontrado em uma represa localizada nas proximidades de uma fazenda no município de  Itamaraju.

A localização do cadáver se deu depois que a central da 43ª CIPM foi informada com várias ligações, as quais dando conta da existência de um corpo de homem trajando uma bermuda azul com listras brancas. Uma guarnição se deslocou até uma localidade conhecida como “Fazenda de Juarez”, onde pode comprovar a veracidade do fato.

REPRESA 1
O corpo já estava em adiantado estado de decomposição

O corpo encontrado nas águas da represa foi identificado como sendo de Genivaldo Reis, de 32 anos de idade, que morava na Rua da Liberdade, no bairro Liberdade, na cidade de Itatamaraju. O corpo de “Genivaldo” foi encontrado na tarde desta última quarta-feira (22), mas não portava nenhum documento pessoal, o mesmo foi removido para o Departamento da Policia Técnica de Teixeira de Freitas, onde ficou na geladeira até a manhã desta quinta-feira (22), quando familiares da vitima compareceram ao órgão e fizeram o reconhecimento do cadáver.

O corpo da vitima foi resgatado das águas da represa pelo investigador Manoel Soares, (plantonista), que contou com o apoio do auxiliar de necropsia Anderson Barbosa. Segundo informações da policia civil de Itamaraju,  em razão das chuvas que caíram nos últimos dias na região, o acesso ao local foi dificultado.

REPRESESA 2

Os trabalhos de necropsia foram realizados na tarde desta Quita (22), pela equipe de Dr. Manoel Gomez Garrido, (Coordenador) e em seguida foi liberado aos familiares para sepulto. Médica Dra. Sesarina, informou na declaração de óbito que a causa morte de “Genivaldo” asfixia provocada por afogamento.

Por Arnóbio Formosa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *