cash loans online california
Bahia - Brasil -


Bandido solto em Itamaraju amarra dinamite em corpo de gerente para assaltar banco

Por Ronildo Brito

DINAMITE

Na noite desta terça-feira (30) o programa Cidade Alerta, da Rede Record, exibiu uma reportagem que repercutiu nacionalmente, quando foi mostrado o gerente de um banco que teve barras de dinamites coladas ao corpo, como forma de torturá-lo e ameaçá-lo, enquanto os assaltantes roubavam dinheiro da agência bancária que o mesmo gerencia. A mulher e um genro do gerente também foram feitos reféns e os bandidos levaram uma alta quantia, que até agora não foi revelada. A cidade onde aconteceu o crime é Trindade, na região metropolitana de Goiânia-GO.

O que chamou a atenção da equipe do Teixeira News foi o nome do chefe da quadrilha que acaba de ser preso: Ismário Ferreira de Souza, hoje com 25 anos de idade, assassino confesso em Itamaraju. Ele assassinou a sangue frio em abril de 2012 o colhedor de café Sérgio Bruno Souza Costa, de 23 anos, no bairro Várzea Alegre e mesmo sendo preso três depois e confessado o crime, acabou deixando a prisão pela porta da frente

Entenda o caso

Em 22 de abril do ano passado, por volta das 22h, na avenida Vitória, casa de número 312, no bairro Várzea Alegre, região sul de Itamaraju, dois elementos desconhecidos, chegaram em uma moto, adentraram à residência e dispararam seis tiros à queima roupa no colhedor de café Sérgio Bruno Souza Costa, de 23 anos. O crime chocou a população da cidade na época, já que a vítima fora abatida tentando fugir dos assassinos e na presença da sua mãe, mantida na mira de uma arma de fogo por um dos criminosos.

O trabalhador rural Sérgio Bruno estava na sala assistindo televisão e ao notar a presença dos assassinos correu para um dormitório do imóvel buscando proteção, quando um dos criminosos arrombou a porta e mesmo diante dos pedidos desesperados da mãe do rapaz, o executou ali mesmo.

Três dias após o crime, policiais militares da Companhia Independente da Polícia Militar de Itamaraju (43ª CIPM), prenderam o homicida confesso que executou o jovem colhedor de café Sérgio Bruno Souza Costa, de 23 anos, com oito tiros de revólver calibre 38. O homicida foi identificado por Ismário Ferreira de Souza, de 24 anos. A polícia o encontrou na residência de sua namorada, cujo nome não foi revelado, no bairro Cristo Redentor, região oeste de Itamaraju. Na residência e bem ao lado do assassinado os policiais encontraram e apreenderam dois revólveres calibre 38, sendo um da marca Taurus e outro Rossi.

LADRÃO

De acordo com o tenente Sidney Rodrigues, que comandou as diligências na época da prisão, o homicida era mesmo Itamarajuense, mas estava residindo até dias antes de sua prisão em Belo Horizonte-MG. O assassino tinha chegado à cidade trazendo consigo as armas e um carro Fiat Punto, de cor vermelha e placa clonada MSS-9608/Serra-ES., veículo que possuía restrição de furto. A verdadeira placa do automóvel era HNG-3278/Belo Horizonte-MG.

Comparsa e motivação

Na época da prisão do homicida a polícia ainda apurou que Ismário cometeu o crime com o auxílio de um comparsa conhecido por Bismarque, que também residiria no bairro Cristo Redentor, mas não foi localizado na ocasião. Bismarque seria o homem que apontou a arma contra a mãe da vítima, enquanto Ismário executava o jovem Sérgio Bruno.

Questionado na época em que foi preso sobre o que teria o levado a assassinar o colhedor de café, Ismário contou friamente que já conhecia a vítima desde quando teriam trabalhado juntos em Minas Gerais e os dois nunca teriam tido boa convivência. Na verdade a polícia descobriu que a execução tinha sido motivada por um suposto relacionamento amoroso que a vítima teria tido com a nova namorada do assassino.

Saída pela porta da frente

Assim que o homicida confesso chegou à Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju (DEPOL), na manhã de quarta-feira, dia 25 de abril de 2012, dois advogados itamarajuenses já estavam à sua espera e alegando que o cliente havia sido preso fora do período do flagrante, rapidamente conseguiram sua liberdade. Desde então o assassino confesso Ismário Ferreira de Souza, de 24 anos, natural de Itamaraju, desapareceu da região.

Preso e perigoso

Agora preso pela Polícia Civil de Goiânia-GO., a expectativa é que o itamarajuense Ismário Ferreira de Souza, 25 anos de idade, seja levado para um presídio de segurança máxima. Segundo o delegado Valdemir Pereira, titular de Trindade, o assaltante é perigoso e já vinha comandando assaltos a bancos há algum tempo.

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados