TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Teixeira

Após discussão mulher mata outra com 03 golpes de faca no Bairro Tancredo Neves

FOTO 1

Teixeira de Freitas: Por volta das 21h30min, desta sexta feira, 03 de maio, uma guarnição da Polícia Militar foi informada de um homicídio na Rua 02 de maio, nos fundos do Supermercado Alvorada, no Bairro Tancredo Neves. Chegando ao local os policiais confirmaram o fato, fazendo a preservação da cena de crime até a chegada da Polícia Civil.

Esteve no local para fazer o levantamento cadavérico, o delegado plantonista do SILC, Dr. Marco Antônio Neves e sua equipe. Os peritos do Departamento de Polícia Técnica, Dr. Marco Antônio Lima e Alexson Magalhães compareceram para efetuar a perícia de ação violenta (homicídio). Segundo o perito criminal Marco Antônio, a vítima foi atingida com 03 perfurações por instrumento perfuro-contundente, possivelmente uma faca, os quais atingiram as costas e peito direito.

FOTO 2

A vítima foi identificada como Maria Aparecida Ferreira da Silva, 26 anos de idade, que morava no Bairro Luís Eduardo Magalhães há aproximadamente 15 dias – antes era morou por muito tempo no Bairro Liberdade I. Segundo relatos de populares, Maria Aparecida estava na referida rua conversando com um travesti, quando uma mulher identificada pelo prenome de Soraia se aproximou dos dois e começou a discutir com Maria Aparecida.

Ainda segundo relatos, a Soraia dizia que a Maria Aparecida havia batido no filho dela e que isso não iria ficar assim. Em seguida o travesti saiu e a Maria Aparecida deu as costas e ia saindo, quando Soraia desferiu dois golpes nas costas da vítima e depois um golpe no peito, fugindo em seguida. Ainda segundo o perito, apesar de poucas e aparentemente não tão profundas, as perfurações atingiram pontos vitais, levando a vítima a uma provável hemorragia interna.

FOTO 3

Após perícia de local, o corpo foi removido ao IML para os exames de praxe. O delegado Marco Antônio Neves instaurou inquérito policial e como já tem uma linha de investigação deverá trabalhar no intuito de capturar a acusada para conclusão do inquérito.

Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *