TEIXEIRA NO AR

Tudo sobre Teixeira de Freitas e Região!

Polícia Teixeira

Após denúncia de patrão; Policia civil prende funcionários do “Girassol” por crime de furto

DUPLA ACUSADA 1
Os dois funcionários presos por futo de mercadorias não registram passagens pela policia

Teixeira de Freitas: Investigadores do da 8ª Coordenadoria da policia civil, liderados pelo titular, delegado Marco Antônio Neves, sobre a Coordenação do delegado Marcus Vinicius de Almeida, prenderam em flagrante dois funcionários da empresa atacadista de Alimentos “Girassol Atacado”, localizada na Avenida São Paulo, no Bairro Bela Vista. Segundo informações da policia civil, as prisões ocorreram depois de uma denúncia foi feita pelo próprio dono da empresa, um comerciante que não teve o nome revelado. Ele que declarou que os seus dois funcionários estariam furtando mercadorias de sua empresa e vendendo a um receptador da cidade.

De posse da denúncia, uma equipe de investigadores da 8ª Coorpin acabou realizando uma interceptação no caminhão da empresa e terminou prendendo o seu motorista, um jovem identificado como Daniel dos Santos Ribeiro, de 29 anos de idade, morador do Bairro São Lourenço. A prisão ocorreu na madrugada desta última quarta-feira, (02), depois que o funcionário – motorista do caminhão da empresa estacionou o mesmo carregado de mercadorias em uma área de um Posto de Combustível, situado no centro de Teixeira de Freitas..

Em seguida, “Daniel Santos Ribeiro”, contou com o suporte de uma pessoa que estava a bordo de um veiculo Celta, placa policial JNY 3169, ambos se deslocaram em direção ao Bairro Santa Rita. Foi neste momento que os policiais civis receberam informações de que parte da carga estaria sendo subtraída pelo o funcionário. Além de “Daniel”, a policia prendeu um outro funcionário, o qual estaria envolvido no furto de mercadorias da empresa. Trata-se de Marcelo Pereira da Silva, de 21 anos de idade, morador do Bairro Santa Rita.

“Daniel” e “Marcelo” confessaram aos policiais civis a venda das mercadorias, informando que haviam deixado as mesmas na casa de um homem identificado como Nilton Moreira Evagelista, um morador do Bairro Santa Rita. Mas que as vendas de todas as mercadores eram feitas  com a autorização do proprietário do “Girassol Atacado”. Essas  mercadores seriam aquelas  devolvidas por aqueles clientes que haviam supostamente comprado anteriormente e devolviam as mesmas.

Os dois acusados foram conduzidos a delegacia de policia, onde foram apresentados ao delegado titular, Marco Antônio Neves, para as providencias de praxe. Em poder dos acusados, a polícia apreendeu 06 folhas de cheques de diversos bancos, preenchidas e assinadas com valores de R$ 2.633,33 (dois mil seiscentos e trinta e três reais e trinta e três centavos), além da quantia de R$ 241,00 (duzentos e quarenta e um reais) em espécie, recebidos como forma de pagamento das mercadorias.

Os dois jovens foram autuados em flagrante por crime de furto qualificado e em seguida foram encaminhados para a carceragem da 8ª Coorpin, onde os mesmos ficarão presos a disposição do Juiz crimina da comarca local. Já o homem acusado de crime de receptação, o Nilton Moreira Evangelista este se apresentou espontaneamente no inicio da tarde desta quarta-feira (02), foi ouvido pelo delegado e em seguida liberado.

O acusado de receptação acabou declarando em seu depoimento que os funcionários da empresa e vendedores das mercadorias haviam informado que os produtos eram de boa procedência e as notas fiscais das mesmas seriam entregues assim que os cheques fossem compensados. A policia civil informou que as mercadorias foram recuperadas e em seguida devolvidas ao legítimo dono.

Por: Arnóbio Formosa

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *