cash loans online california
Bahia - Brasil -


Acidentes de motos continuam fazendo vítimas fatais no extremo sul
Hoje em dia as motos são usadas para diversos afazeres também na zona rural

Hoje em dia as motos são usadas para diversos afazeres também na zona rural

Quase sempre um mistura de velocidade, imprudência e falta de manutenção nas motocicletas vem fazendo vítimas na região extremo sul, em muitos casos fatais. O crescimento no número de motos nas áreas urbanas e rurais também é apontado para a ocorrência de acidentes, além de inabilitação dos condutores em alguns casos.
O Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) divulgou na tarde desta segunda-feira (24) a ocorrência de três pessoas mortas após acidentes automobilísticos envolvendo motocicletas nas cidades da região.
No final da noite do último sábado (22), Rodrigo Silva Martins, 20 anos, que residia no distrito de Posto da Mata, município de Nova Viçosa, após dez dias internado no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), acabou não resistindo e veio a óbito. Ele bateu sua moto em outra na rodovia BR-101 e acabou não resistindo às múltiplas fraturas que sofrera.
Ainda no sábado, dia 22, um senhor de 79 anos, trafegava como carona de uma motocicleta que era conduzida por um familiar seu e após um problema mecânico no veículo numa estrada vicinal que dá acesso ao Assentamento 40/45, em território de Alcobaça, os dois caíram. O condutor sofreu um extenso corte na boca e o idoso, que não teve o nome revelado, acabou não resistindo e veio a óbito.

Já neste último domingo (23), a vítima foi o teixeirense João Ferreira dos Santos Filho, 36 anos, que após sofrer um acidente no último sábado (22) quando pilotava uma moto Honda CG, ainda chegou a ser socorrido ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito.

Os três corpos, após exames de necropsia na manhã desta segunda-feira (24) no IML de Teixeira de Freitas, foram liberados aos familiares para velório e sepulto.

Estatística

O número de mortes em acidentes de trânsito com motos no Brasil aumentou 263,5% em 10 anos, segundo dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), criado pelo Ministério da Saúde. Em 2011, foram 11.268 mortes no país, contra 3.100 usuários de motos mortos em 2001. O Ministério da Saúde informa que os dados de 2011 são os mais recentes disponíveis, visto que o processo de registro de óbito é demorado, levando até dois anos para contabilizar todos os casos. De acordo com o Ministério da Saúde, em 2011 houve 155.656 internações por acidentes de trânsito, com custo de R$ 205 milhões. Os acidentes de moto corresponderam a 77.113 delas, totalizando gasto de R$ 96 milhões.
Se no passado a moto era sinal de liberdade e agilidade, sendo até símbolo de status, hoje representa preocupações sérias em relação ao meio ambiente, transporte, previdência e saúde pública.De acordo com dados do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito, em uma década, a frota de motos no Brasil cresceu 325%, o que totaliza 10,6 milhões de motocicletas.

Por: Teixeiranews

Deixe seu comentário
NOTÍCIAS RELACIONADAS

contato@teixeiranoar.com.br
Contato - (073) 8803-3752 /9959-9170
Quem Somos
Fale conosco
Eventos Realizados